Ano Novo, Vida Nova! Esta é uma das frases mais repetidas quando um ano começa, não é verdade?

Muitas pessoas aproveitam o final do ano para fazerem planos para o ano seguinte: estudar, mudar de casa, de emprego, parar de beber, parar de fumar

Dentre tantas promessas, uma das mais difíceis é largar o vício do cigarro.

O objetivo deste artigo não é falar dos males causados por ele, até porque, isto nunca serviu como remédio para curar o vício de ninguém.

O motivo é bem simples: o tabagismo é uma doença, e doença não se cura com fotos horripilantes em maços de cigarros e muito menos com sermões. Não!

Quantas vezes, você fumante já ouviu expressões como: “falta de vergonha na cara”, “é só parar e pronto!”, “tá queimando dinheiro” “dinheiro pra fumar, tem” e outras coisas mais?

É doloroso, porque só quem é fumante e quer parar, sabe a luta que precisa travar todos os dias, horas, minutos…

Por é tão Difícil Parar de Fumar?

É verdade que parar de fumar não é fácil; isto é inegável, mas pode não ser nenhum bicho de sete cabeças e mais adiante você pode até concordar.

O problema dos não fumantes é não aceitar o tabagismo como doença e por isto, ao invés de dar apoio ao fumante que quer (e precisa) parar, acabam sempre os julgando e condenando.

Isto dificulta ainda mais o processo e é um dos fatores que aumentam as chances de fracasso.

Quando a pessoa traga a fumaça do cigarro, o organismo libera através da nicotina, uma substância chamada dopamina, que é a responsável pela sensação de prazer e bem-estar que o fumante sente ao fumar.

Na ausência do cigarro, o organismo reage à falta da nicotina, o que pode levar a pessoa a uma crise de abstinência, mas é algo passageiro e há maneiras de evitar.

Apesar de toda a dificuldade encontrada pelas pessoas que querem parar de fumar, todos nós conhecemos alguém que conseguiu, não é mesmo?

Convenhamos que isto é bem animador! Mais do que isto, é a prova viva de que é sim possível parar de fumar.

Muitas vezes você deve ter se perguntado como aquela (s) pessoa (s) que fumava tanto conseguiu parar, não é?

Não foi nenhum milagre não! Pode apostar que a maioria vai dizer que foi força de vontade, determinação, sacrifícios, etc., mas pode ter certeza de que também seguiram dicas que as ajudaram a vencer o vício.

Neste artigo vamos dar 7 dicas que podem te ajudar muito no processo de parar de fumar. Vamos lá!

  • Beba muita água

Toda vez que lembrar do cigarro, tome um copo d’água. Além de controlar o desejo de acender um cigarro, você estará se hidratando e melhorando ainda mais a sua saúde.

  • Pratique uma atividade física

Além de ajudar a controlar a ansiedade, você estará ocupando a sua mente e assim, pensando menos no cigarro. Aproveite que está começando uma vida nova para cuidar do seu corpo e da sua saúde.

  • Fuja da rotina e modifique seus hábitos

O hábito de fumar está diretamente ligado a outros hábitos do cotidiano, portanto, toda vez que você fizer algo que te levava a fumar, você vai sentir falta do cigarro, então mude isto!

Por exemplo: se você acendia um cigarro logo após o café da manhã, mude sua rotina: ao terminar o seu café, procure algo para fazer que não esteja relacionado com a rotina antiga.

Que tal dar uma voltinha na rua, molhar as plantas ou ligar para uma amiga?

  • Evite contato com fumantes nos primeiros dias

Os primeiros dias são os mais difíceis, todo ex-fumante sabe disto.

Nesta fase tão delicada, é aconselhável ficar longe de fumantes (se possível) ou de lugares onde você sabe que tem muita aglomeração de pessoas que fumam, pois, as chances de recaídas são grandes.

  • Procure se alimentar melhor e evite certos alimentos

No início, evite aqueles alimentos e bebidas que aumentam a vontade de fumar, como café, doces e bebidas alcoólicas (a menos que você se sinta 100% seguro de que não terá uma recaída)

Procure se alimentar de maneira mais saudável, trocando refrigerantes, doces e frituras por legumes, verduras e frutas, assim você ganha saúde e não peso.

 Ocupe a mente

Tem um ditado que diz “mente vazia, oficina do diabo”, quem nunca ouviu?

Evite a ociosidade, pois nesta fase ela é perigosa. Procure sempre algo agradável para fazer: assista filmes, leia livros, ouça música, converse com amigos e evite ficar só.

  • Três super aliados

Há relatos de ex-fumantes que revelaram estes 3 produtos como aliados para aliviar a vontade de fumar:

  • Agrião – mascar folhas de agrião diminui a vontade de fumar e ajuda a “limpar” os pulmões.
  • Bicarbonato de sódio – colocar uma pitada na língua diminui a ansiedade causada pela falta do cigarro
  • Goma de mascar – Os chicletes ajudam a distrair e também controlam a ansiedade. Dê preferência para os do tipo ZERO açúcar.

Embora haja diversas dicas e receitinhas (cada ex-fumante tem a sua!), elas sozinhas não fazem milagres, não é?

Tenha em mente que a melhor receita é a sua força de vontade. Reflita no quanto você quer se ver livre deste vício. 

Imagine a qualidade de vida e os anos a mais que você terá para curtir a sua família e realizar todas as coisas que você sempre quis.

Se inspire nas pessoas que você conhece, que venceram esta batalha e no quanto você as admira por isto e agora pense: EU TAMBÉM POSSO!

Sim, você também pode e vou deixar aqui a última dica, que talvez seja a mais importante de todas: 

O SUS oferece tratamento inteiramente gratuito para o tabagismo. Os fumantes recebem medicação e apoio através de reuniões semanais com grupos de ajuda.

Então, não perca mais tempo! Se preferir, procure o posto de saúde mais próximo e comece a realizar o seu sonho de começar o ano novo com vida nova!