Para quem está fora do mundo, em alguma viagem pela Nasa, nós – a humanidade – estamos sofrendo de um surto de um novo tipo de vírus apelidado, carinhosamente, de Covid-19!

O surto começou na China e foi se espalhando para os outros países, tendo, neste exato momento 83 mil infectados em todo o mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde, contando com 78.926 casos só na China e 4.404 confirmados em outros 51 países.

Com um total, alarmante, de 2.856 morte, sendo 66 fora da China – a doença se espalhou incrivelmente rápido e os brasileiros, que acreditavam há 2 meses estar seguros – pois nada no mundo atinge este país – agora são obrigados a fechar shoppings centers, estabelecimentos comerciais, decretar licença médica forçada para funcionários de muitas empresas – a maioria se voltou para trabalhar de casa;

Até lá o governo – cujo 11 membros da comitiva do presidente Jair Bolsonaro que estiveram no exterior junto com ele, foram diagnosticados com a doença – nos “ordena” gentilmente que permanecemos em casa, evitando aproximação com outras pessoas em lugares públicos – inclusive no elevador do meu condomínio.

Mas até lá, o que faremos? Até mesmo celebridade como Petra Gil, Fernanda Paes Leme e Gabriela Pugliese foram vítimas dessa doença que nos isola dos amigos e parentes, transformando o nosso lar em uma bolha da qual não podemos sair.

Afetos, como abraços e beijos devem ser medidos – cumprimentar estranhos em um ato de afabilidade também – o inimigo é invisível e habita desconhecidos.

Mas enquanto isso…

Dicas do que fazer em casa enquanto o CoronaVírus está lá fora

Que tal algumas dicas para se entreter e se precaver e não transformar este isolamento, em uma forma de nos prejudicar emocionalmente?

 

  • Maratone uma série

 

Há várias séries que você desistiu de ver ou que argumentou que não tinha tempo. Bom agora, você tem! Existe o sistema de Stream Netflix e nada como preparar uma boa pipoca e sentar no sofá por horas a fio.

 

  • Faça Yoga

 

Existem vários aplicativos gratuitos no seu celular que lhe dão instruções para yoga – desde que o governo fechou as academias – nada como se manter em forma de uma maneira natural e em harmonia com o próprio corpo.

 

  • Redecore a sua casa!

 

Você já deve estar acostumada, mas a sua casa, após anos de habitação, deve estar com cara de confortável, mas antiga. Por que não usar esse tempo livre para redecorar, aplicar Feng Chui e dar uma nova cara ao seu lar?

 

  • Se arrisque na cozinha!

 

Os restaurantes não estão mais fazendo fila para entrar e agora as pessoas “preferem” comer em casa. Então, por que não arriscar ser o mestre cooka que sempre quis ser e tentar receitas novas! Pode se surpreender com seu novo talento!

 

  • Ler

 

Os dias não estão frios, ao menos não aqui no Rio de Janeiro, mas para as pessoas saudáveis, uma passadinha na livraria mais próxima – e aberta – não faz mal. Então, sente-se, tome um chá e curta uma tarde lendo um bom livro, escolhido a dedo.

 

  • Brinque com seu PET

 

O número cinco parecia perfeito, mas surgiu a ideia do 6. Talvez você não tenha dado atenção o suficiente para seu gato ou cachorro ultimamente, é uma excelente oportunidade para fazer as pazes com seu amigos de quatro patos e se entreter – além do bônus que conviver com animais de estimação evita a depressão.

Cuidado com o CoronaVírus

Dicas a parte, não se esqueça dos cuidados básicos! Evite aglomerações, como em supermercados ou lugares muito movimentados – use máscaras se estiver resfriado. Lave as mãos sempre que possa e tente curtir mais os prazeres de sua própria casa.

Pelo menos até o dia 30, quando os shoppings devem reabrir, apesar de um infectologista afirmar que o surto ainda durará 4 meses, então cuide de seus parentes mais idosos ou de crianças, que estão em grupo de risco.É sempre difícil manter os ânimos em meio a surtos, mas para os mais solitários, sempre se pode fazer uma festinha a um com direito a Karaoke, com a ajuda do mercado mais próximo. Aprenda a apreciar a própria companhia, enquanto passamos por dias difíceis até os melhores chegarem!

Louise Biolchini